Interlaken

A cidade está situada bem no centro da Suíça, em meio aos Alpes. A língua oficial é o alemão, mas muita gente fala inglês e francês.

Não tem como falar da Suiça e não mencionar essa pequena cidade, e que por sinal amo muito. Interlaken fica na região BernOberland, é bem pequena mas aonde acontece muita coisa bacana por lá. E sem contar que é também um grande ponto turístico. De lá é possível subir para uma das mais famosas montanhas daqui que é o Jungfraujoch. Dessa vez não subi para lá, fui só para passear um pouco, andar e claro tirar algumas fotos, e vi que estava tendo muito pára-quedistas aterrizando por lá. Fiquei só registrando e criando coragem, quem sabe um dia eu esteja lá saltando também.

Interlaken005REA_0318 Interlaken003REA_0308   Interlaken003REA_0308  Interlaken005REA_0318 Interlaken006REA_0323 Interlaken007REA_0325

Em suas proximidades estão localizados o trio imperdível de montanhas da Suíça: Eiger, Mönch e Jungfrau. Nos arredores dessas três montanhas, concentram-se as estações de ski, que no verão se transformam em pistas para caminhas e trilhas. Vistas de tirar o fôlego. Lindo, lindo e lindo! Afora as montanhas, a área é cercada por dois lagos enormes, transparentes e belíssimos o de Thun e de Brienz (os passeios de barcos são imperdíveis). A combinação da paisagem das montanhas com as dos lagos formam a imagem perfeita, tudo que um turista e até para mim que moro a muitos anos na Suiça sempre surpreende, cenário de cartão postal.

Interlaken010REA_0334 Interlaken011REA_0336 Interlaken012REA_0339

O que fazer em Interlaken?

1.   H A R D E R   K U L M

Essa é a montanha símbolo da cidade de Interlaken. Através de um funicular é possível chegar ao topo da montanha e apreciar uma vista espetacular.  São 1322 metros de altura acima do mar. Do alto, em um dia limpo, se enxerga os lagos de Thun e Brienz e o trio de montanhas: Eiger, Mönch e Jungfrau.  No verão, um jantar ao entardecer é um dos programas mais imperdíveis na região. Veja como fazer uma trilha pelo Harder Kulm.

2.  A V E N I D A   P R I N C I P A L   E  O  C E N T R I N H O   D E    I N T E R L A K E N

A avenida principal da cidade inicia próximo à estação de trem principal (Höheweg) e vai até o parque central da cidade, o Höhematte. Lá encontram-se lojas, cafés, hotéis, restaurantes e muitos souvenirs. À tarde, no verão, o parque fica repleto de asa deltas no céu. Um excelente lugar para levar as crianças. Em frente ao parque, está o luxuoso hotel Victoria-Jungfrau Grand Hotel & Spa Em uma caminhada gostosa que fiz pelas margens do rio Aare (lindoo), passei por ruas como Postgasse, Blumenstrasse, Neug e Marktgasse. Essa é uma zona repleta de pubs e restaurantes,  mais tranquila do que a avenida principal. Recomendo. É possível percorrer as principais área da cidade todas a pé!

3. A V E N T U R A S

A região de Interlaken também oferece adrenalina aos aventureiros: Canyon Jump, tour de bike, rafting, escaladas, sky diving, esqui, SUP e voos de asa delta. Aviso: algumas atrações só são oferecidas no verão ou no inverno. Segue algumas empresas que oferecem esses serviços.

Interlaken004REA_0311

 

 

Anúncios

Montreux Jazz Festival

Inacreditavel imaginar aqui nesse pais aonde as pessoas falam super baixo. Dificil de ouvir qualquer barulho após as nove horas da noite, mas aqui na Suíça possui o maior número de festivais de música por área na Europa. Os suíços adoram música. Sendo Pop ou clássico –  há eventos de todos os tamanhos para todos os gostos. Esse evento acontece sempre no mês de Julho e dura em torno de 3 semanas.

Montreux é uma cidade maravilhosa, pequena mas famosa pelos seus eventos musicais. Lá é onde acontecem os melhores eventos, o mais famoso Montreux Jazz Festival,  muitos famosos já passaram por lá,  inclusive Freddie Mercury que morou e escreveu suas últimas letras e cantou sua última canção.

 

IMG_1154

Acontece além do Montreux Jazz festival o Jam Session,  em 2015 teve o show de Seu Jorge e eu pude, mesmo de muletas ir prestigiar com minhas amigas. Seu Jorge é uma simpatia em pessoa.

SeuJorge001REA_9136 SeuJorge002REA_9145

SeuJorge003REA_9146 SeuJorge004REA_9147  SeuJorge006REA_9150 SeuJorge007REA_9152  SeuJorge010REA_9193 SeuJorge013REA_9209 SeuJorge014REA_9212 SeuJorge021REA_9250

Mais fotos do Montreux Jazz Festival 2017.

RE1_9144
Julho 2017

RE1_9129

RE1_9168

Ver o agito e ver o por do sol no lago é lindo demais! Se estiver vindo para Suíça no período de Julho não deixe de passar por esse festival pelo menos  1 dia.

IMG_1217

Mais informações também no site do evento Montreux Jazz 2018.

Como chegar:

De carro: de Berna até Montreux são aproximadamente 90 km, como é uma cidade muito pequena se for na época do festival será um pouco complicado achar vagas nos estacionamentos perto do evento, mas tem toda uma infra estrutura bem organizada para estacionar os carros mais afastado e oferecem ônibus grátis até o local do evento.

De trem: Há diversos trens que conectam a região de Montreux a Vevey, ao Chateau de Chillon, Lavaux e outras cidades como Lausanne e Yverdon Les Bains. Quem tem o SwissPass tem livre acesso aos trens e também ao serviço de ônibus.

Outras dicas:

Lembrando também que é na Montreux Riviera que fica o Patrimônio Cultural da UNESCO: Lavaux que são os lindos terraços de vinhedos acima da cidade e do Lago Genebra.

Para completar em Montreux  tem o castelo mais famoso e charmoso da Suíça: o Château de Chillon. Imperdível a visita.

Se ainda estiver com tempo bem ao lado fica a cidade Vevey, onde morou o Chaplin, tem post completo só dessa cidade linda!