Experiencestoos: um final de semana completo com trilha e bem estar!

Um final de semana incrível, durante o dia curtindo a natureza, muita caminhada, e encerrar o dia com pôr-do-sol belíssimo, relaxando em um Ofurô com vista para os Alpes! Foi assim o inesquecível  #experienceStoos.

Nesse #experience mais uma vez tive o enorme prazer de acompanhar as blogueiras  Ana Luiza (Pelo Mundo Blog),  a Monique (Me joguei no Mundo) e a Janaina (Descobrindo a Suíça). Juntas descobrimos tudo o que há de melhor nesse paraíso .

RE1_9414-8
Monique, Janaina, Ana e Eu!

Como chegar em Stoos?

Stoos é uma vila localizada no município de Morschach. Encontra-se a 1.300 metros acima do nível do mar, faz parte do cantão suíço de Schwyz e tem apenas 100 habitantes, incrível né?? A cidade realmente é repleta apenas de turistas do mundo inteiro.  É acessível através do funicular Stoosbahn. O funicular mais íngreme do mundo!!! Seu formato lembra barris de cervejas, durante todo o trajeto ele se move mantendo os visitantes na horizontal, deixando imperceptível a inclinação.

RE1_9592-51

Preço do funicular:

Stoos Tickets adultos: 22,00 francos

Halb Tax: 11,00 francos

Clientes com o Abonamento Geral (GA) e quem tem o Swiss Travel Pass é de graça!

Programação:

Chegamos cedo deixamos as malas no hotel e partimos para a aventura. Caminhamos até o teleférico para chegar até Fronalpstock, se você é esportista o suficente é possivel subir caminhando, ao contrario, o teleférico custa 16 francos até o topo. Cada teleférico cabe 4 pessoas. O passeio é bem longo mas a vista é literalmente maravilhosa, se o tempo estiver bom sensacional.

RE1_9459-21
vista do teleférico durante o trajeto até Fronalpstock

Mesmo como tempo nublado podemos ver os alpes com gelo, foi possível ouvir os sinos das vacas nos pastos abaixo de nós.

RE1_9469-23

Se tiver sorte e bom tempo, é possível ver até 9 lagos diferentes do Fronalpstock, além de alguns braços do contorcido Vierwaldstättersee (Lago Lucerna).

RE1_9474-26

 

De Fronalpstock tentamos caminhar até o outro pico Klingenstock, a caminhada leva cerca de 2 horas.  Isso só é recomendado se você tiver bons sapatos de caminhada e não tiver medo de alturas, pois há seções bastante estreitas com quedas íngremes em ambos os lados. Mas devido ao mal tempo não conseguimos concluir e tiramos apenas algumas fotos do caminho e das vaquinhas.

RE1_9527-38

RE1_9543-42
é possível passar bem ao lado das vaquinhas

A combinação dos dois picos com a caminhada na montanha ou para cima e para baixo através dos teleféricos é muito recomendada, a vista é espetacular. Com a tarifa única, você pode acessar o funicular para a aldeia de Stoos, bem como os teleféricos para os dois picos das montanhas.

No topo de Fronalpstock há um restaurante bem agradável e bastante amplo que serve comida suíça típica da região.

RE1_9558-1
Sacada do restaurante em Fronalpstock com vista para os Alpes. Espetacular!

Depois de ficar completamente apaixonada pela vista, chegou a hora de descer e  curtir o Welness Hotel que ficamos em Stoos. Fomos convidadas para ficar hospedadas e mostrar todos os detalhes. No dia seguinte fomos conhecer o vilarejo e encontramos um lindo lago, é possível fazer picnic ou churrasco ao redor. De lá é possivel iniciar outras trilhas até o pico.

RE1_9609-55

Sobre o Hotel Seminar und Wellness Stoos

É um hotel 4 estrelas localizado a 10 minutos do funicular. Tem um transporte gratuíto até o hotel, tem que solicitar ligando na recepção.  Hospitalidade desde 1850. Mas foi em 1977 que O Sporthotel Stoos foi construído nos terrenos do Kurhaus. Tem um carácter especial sendo “hotel desportivo nas montanhas”. Em 2008: Os quartos do hotel foram renovados, peça por peça e atualizados tecnicamente. Modernas e confortáveis camas box spring e novos banheiros aumentam o conforto. Com o decorrer do tempo, várias categorias de quartos foram criadas, diferenciando-se pelo equipamento adicional.

RE1_9398-5

Quarto

Os 56 quartos do hotel oferecem acesso direto ao spa e restaurante, bem como ao Bar e ao Smoker’s Lounge. Se você conscientemente para relaxar e se divertir, aqui é o lugar certo. Fiquei hospedada na suite 22. Com uma decoração bem sofisticada, cama queen, banheiro super espaçoso, uma escrivaninha,  tv, frigobar, dois pequenos sofás e uma vista incrível, sendo possível até ouvir os sinos das vaquinhas.

RE1_9579-49

Café da manhã

O café da manhã foi no “Stoosbeiz” é  equipado com novas mesas Arven e, assim, tem um  charme original e bem típico. O buffet é bem diverso, com uma variedades deliciosa de queijos, e produtos da região, pães e sucos a parte além de um delicioso Prosecco.

Funciona diariamente das 07:00 h às 16:00 h e das 18:00 h às 23:00 h. Disponivel também para a fominha no final da tarde.

Serviço de almoço das 12: 00h às 14: 00h (Comida quente até às 21h)

Infraestrutura:

Área de saunas, banhos de vapor, chuveiros especiais, piscina e um ofurô é um otimo convite para relaxar.  Spa com muita pedra natural, aço inoxidável e madeira.

Horário de funcionamento das 07:00 h às 20:00 h

Mais informações:

Endereço: Ringstrasse 10 6433 Stoos

Telefone: +41 41 817 44 44

E-mail: info@hotel-stoos.ch

Site: https://www.hotel-stoos.ch

 

Vejam o vídeo que a Ana fez com um resumo do nosso final de semana!! Adorei!

 

Participaram do #experiencestoos

Realização: Ana Luiza de Souza (Pelo Mundo Blog)
As Blogueiras –  Monique Bianchi (Me Joguei no Mundo),  eu – Renata Autran (As Viagens da Re),  e Janaina Abreu (Descobrindo a Suíça).
Apoio: Stoos bahn e Hotel Stoos

Veja o que rolou no evento também, através das Hashtags #ExperienceStoos no Instagram e Facebook.

 

VAI VIAJAR? ENTÃO SE PREPARE POR AQUI!

Gosta das minhas dicas? Quer um roteiro personalizado pela Suíça? Vá até a página de contato e solicite um orçamento. Sabia que também é possível fazer um seguro de viagem, aluguel de carro ou até envio de dinheiro, através do link aqui mencionado abaixo no meu blog? Ganho uma pequena comissão e você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o blog  a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar? Mas tem que clicar sempre pelo link do meu blog 😉 

************************************************************************************

  1. Seguro de viagem:  Seguros Promo
  2. Aluguel de carro: Rent Cars 
  3. Envio de dinheiro: TransferWise

***********************************************************************************

 

Ballenberg – Um museu a céu aberto

Um “must to go” para qualquer novato na Suíça ou para aqueles, assim como eu, que moram aqui há 10 anos ou mais, ainda que de forma embaraçosa não consigam nomear todos os 26 cantões. Ballenberg é um museu ao ar livre que mostra a valiosa vida na fazenda, tradições históricas e artesanato que fazem da Suíça o país notável que é. Aprenda sobre a vida rural suíça de séculos atrás. Este museu ao ar livre de 66 hectares, exibe 110 construções e edifícios agrícolas de toda a Suíça, desde pequenas cisterna até casas de fazendas maciças. A casa mais velha é de 1336 e a mais nova de 1900. Descubra como era a vida cotidiana na Suíça rural percorrendo cozinhas, salões, casas de fazenda, celeiros, lavanderias e armazéns cuidadosamente mantidos. É possível também explorar os jardins, pastagens ao redor dos edifícios, que são mantidos historicamente. Mais de 250 animais de fazenda fazem sua casa nos campos. Dentro dos edifícios, artesãos demonstram várias atividades como fazer pão e talha.

RE1_8464-1
Entrada do Museu

Dividido por região, Ballenberg convida você a descobrir história dos cantões: Jura, Suiça central, Suíça Ocidental, Suíça Central, Ticino, Suíça Oriental, Bern Oberland, Valais, Grisões e a Economia Alpina.

5 motivos para visitar:

1. É a vida rural. O museu conta a história da vida rural na Suíça em tempos passados. Você experimenta como os agricultores trabalham e as fazendas funcionam. É uma representação fiel do dia a dia da Suíça.

RE1_8477-2

2. Os Animais. Mais de 250 animais vivem em Ballenberg e você provavelmente estará caminhando ao lado de uma galinha, coelho, cabra, jumento, galinha, ovelha ou cabra. Muitos vagam livremente ou permitem que você fique muito perto e os toque nas áreas do celeiro.

3. História em ação. Artesão e agricultores estão trabalhando em todo o museu. Há mais de 30 demonstrações ao vivo, incluindo Moagem de Trigo, Tecelagem de Seda, Produção de Chocolate e queijo, Pão de Forma, Rendas de Tricô e Produção de Cerâmica.

RE1_8642-11
Fabricação de cordas da Familia Xaver Iten

A construção é simples: postes de madeira revestidos de tábuas nas paredes – oficinas como essa eram frequentemente construídas dessa maneira. Dentro do prédio comprido, Xaver e sua esposa teciam fios finos em cordas grossas.

“Construtores, o exército, silvicultores e fazendeiros constituíam o mercado de Xaver Iten. Cordas de algodão para moinhos têxteis ou cabos de gruas espessas para elevação de cargas. Xaver Iten teve uma loja de vendas na casa de moradia ao lado do passeio de corda, onde suas filhas vendiam apenas fio, redes e outros produtos.”

4. Workshop. De segunda a sexta-feira das 13:30 às 16:30, você pode participar de atividades práticas como empacotamento de madeira e fabricação de manteiga.

5. Degustação. Há 8 sites temáticos que mostram o desenvolvimento de grãos e pães, jardins agrícolas com ervas e legumes frescos, um jardim de sementes e um jardim de ervas medicinais.

RE1_8520-6
Vila de alta classe de Burgdorf, 1872

5 top dicas:

1. Esteja pronto para andar. Como na Suíça, há uma boa quantidade de morros e caminhadas para que você possa usar sapatos confortáveis, protetor solar, parar para fazer picnic ou optar pelo passeio de cavalo e carruagem se algum membro da família for idoso ou não for um caminhante forte. Verifique no mapa os caminhos acessíveis para cadeira de rodas e carrinho de criança. Uma fazenda cheia de trilhas mas pode ser feito de charretes todo o percusso ou apenas um trecho de Leste para Oeste.

RE1_8579-8

RE1_8597-9
Ivo e sua cachorrinha Kira que nos acompanhou durante todo o trajeto

2. Diversão para a criançada. As crianças vão adorar jogar aqueles antigos jogos  como bambolê, andar de pernas-de-pau, passear no carrossel e participar de atividades infantis diariamente das 10:00 às 17:00 no Oberentfelden Farmhouse e no WasenCheese Storehouse.

3. Pão & Queijo. Comer e beber, é claro, também tem um tema suíço. Espere Bratwursts e Älplermagrone em um dos três restaurantes e muitos locais para piquenique com lenha esperando por você.

4. Tenha um mapa em mãos. O museu é realmente imenso e com mais de 30 demonstrações ao vivo, planeje com antecedência. Verifique no site os horários e locais de demonstração ao vivo e mapeie um itinerário para garantir que você visite aqueles que realmente deseja ver. Há um mapa de código de cores gratuito na entrada (em inglês, a pedido) que rotula claramente os banheiros, restaurantes e trilhas para caminhada. Eu comprei um livro que conta bem explicadinho cada lugar, com seus devidos códigos. Adorei.

5. Economize o seu franco-suíço: A SBB oferece um pacote RailAway com desconto de 10%.

Horario de Funcionamento e Preço:

Aberto de 13 de Abril até 31 de outubro –  diariamente das 10:00 as 17:00

Preço: 24,00 chf para adultos e crianças de 6 até 16 anos 12,00 chf

Dica: O restaurante abre a partir das 9:00 horas

___________________________________________

Ballenberg Museum

Museumsstrasse 131, CH-3858 Hofstetten bei Brienz (map)

Website . +41 33 952 10 30

___________________________________________

Um pequeno vídeo da minha visita por lá.

Se ainda tiver tempo e disposição vale a pena passear pela cidade de Meirigen e visitar o Museu de Sherlock Holmes. Em breve farei um Post sobre ele. 😉

 

VAI VIAJAR? ENTÃO SE PREPARE POR AQUI!

Gosta das minhas dicas? Quer um roteiro personalizado pela Suíça? Me escreva na página de contato e solicite seu orçamento. Sabia que agora também quando você faz um seguro de viagem, aluguel de carro ou até envio de dinheiro, através do link aqui mencionado abaixo no meu blog, ganho uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o blog  a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar? Mas tem que clicar sempre pelo link do meu blog 😉 

*********************************************************************************

  1. Seguro de viagem:  Seguros Promo
  2. Aluguel de carro: Rent Cars 
  3. Envio de dinheiro: TransferWise

*********************************************************************************

 

Experience Pilatus – A incrível montanha do Dragão

Experiênce Pilatus como foi e o que é?

Como foi bacana passar um dia todo explorando e descobrindo o que tem nessa montanha incrível e com a companhia de outras blogueiras que também conhecem muito da Suíça.

O ExperiencePilatus foi organizado pela blogueira Ana Luiza (blog Pelo Mundo Blog), no qual conseguiu todo o apoio com a agência de turismo de Pilatus, a nossa atração de hoje e além da Ana Luiza vieram também outras blogueiras que moram na Suíça para participar desse grande passeio, entre elas são: Monique – Me joguei no mundo,  Janaína do Descobrindo a Suíça e a Pri do Suíça entre amigos.

RE1_6022-8
Monique, Priscila, Ana Luiza, Janaina e Eu

O intuito do experience é explorar e divulgar o local mencionado e passar as melhores dicas e informações do local.

O roteiro do evento

O roteiro foi organizado pela Ana Luiza e a programação durou todo o dia, sendo divulgado por todas as blogueiras participantes alguns dias antes do evento, onde todas nós postamos nas redes sociais com a hastag #experiencepilatus.

Gold_Rundfahrt-2011
fonte: Pilatus.ch

Este mapa, que foi fornecido pela Pilatus-Bahnen, dá uma visão geral da “Rota Dourada”. Durante nosso passeio, pegamos um barco de Lucerna para Alpnachstad, subimos a montanha com um trenzinho, descemos pelo outro lado, depois transferimos para um teleférico até Kriens em Fräkmüntegg, onde fizemos um passeio de tobogã e no final pegamos um ônibus local em Kriens de volta para Lucerna. Bem resumido né?? mas agora vou escrever tudo em mais detalhes como passamos o dia!!

O passeio começou as 8:00 horas da manhã, nosso encontro inicial foi no portão de entrada de Lucerna em frente ao píer do barco. Lá pegamos o barco as 8:30 em direção a Alpnachstad, o passeio de barco leva em torno de uma hora, dependendo da navegação,  a primeira classe dá acesso ao andar superior e pode ser menos cheia que a segunda classe, especialmente nos dias em que os grupos escolares estão viajando. No entanto, a segunda classe é perfeitamente confortável, e há muito espaço de convés nos barcos, inclusive se fizer frio na parte interna do barco tem um bar e um restaurante super confortável.

Estação de Alpnachstad

Preço do barco: 27 francos-suíços, para quem tem o Halbtax tem redução de 50%. Para quem tem o SwissTravel Pass o ticket é incluído.
Para cada grupo de 10 pessoas, uma pessoa viaja de graça.

Mais informações sobre outras tarifas de passeios de barco aqui.

A viagem para Alpnachstadt começa no Vierwaldstättersee (Lago dos Quatro Cantões, também no Lago Lucerna) e continua no Alpnachersee. Durante a viagem de barco de Lucerna para Alpnachstad, você verá mais do que algumas montanhas, entre elas, o Monte Pilatus ou Pilatus Kulm.

RE1_5987-2

Em Alpnachstad, andamos até ponto de partida do trenzinho que nos leva até o topo de  Pilatus. A cremalheira de Alpnachstad a Pilatus Kulm é a mais íngreme do mundo, com uma inclinação de 48 graus. Sobe bem devagarinho e a vista é incrível.

Subindo até o topo
Dando aquela geral na paisagem! Foto: Ana Luiza
Linda a vista do bondinho!

Já no topo fomos recebidas com uma musica típica Suíça, sendo tocada por 3 músicos com Alphorn que é a Trompa Alpina, um instrumento tradicional dos Alpes suíços, muito conhecido no país desde o século VI!

RE1_6007-7
Alphorn – A trompa Suíça

 

Tem duas pequenas trilhas, onde é possível subir para ter uma vista incrível do alto.  Mas para quem tem uma certa acrofobia melhor não subir. Mas encontramos no meio do caminho pequenas grutas e vale muito o passeio e aquela parada básica para fotos.

RE1_6024-1
O caminho do dragão – suas lendas e mitos

Lendas e mitos: 

Existem algumas lendas sobre essas cavernas, pesquisando encontrei essas duas abaixo:

“No verão de 1421, um poderoso dragão voou para Pilatos e mergulhou tão perto do fazendeiro Stempflin que ele desmaiou. Quando ele chegou, encontrou um pedaço de sangue coalhado e a Pedra do Dragão, cujos efeitos de cura foram oficialmente confirmados em 1509. Na crónica de Petermann Etterlin pode ler-se como o Landamann Winkelried matou um dos dragões de Pilatus: envolveu uma lança com arbustos espinhosos e empurrou-a para a boca aberta do dragão, depois completou o seu trabalho com a espada. Uma gota do sangue do dragão venenoso espirrou em sua mão. Esta gota – e o hálito envenenado do dragão moribundo – fez com que o sangue nas veias de Winkelried também o congelasse e o matasse.”

“Nas primeiras horas da manhã de 26 de maio de 1499, um espetáculo milagroso era para ser visto em Lucerna: Depois de uma terrível tempestade, um enorme dragão sem asas emergiu das águas selvagens do Reuss perto do Spreuerbrücke. Provavelmente o Lindwurm foi surpreendido pela tempestade e foi corado pelo Pilatus para o Krienbach, que desce abaixo da Jesuitenkirche para o Reuss. Vários cidadãos honestos e instruídos garantiram a veracidade dessa história.

Um outono, um jovem rapaz de Pilatos caiu em uma caverna profunda e ficou entre dois dragões. Mas eles não fizeram nada para ele. Quando a primavera chegou, um dos dois dragões deixou seus aposentos de inverno e voou para longe. O outro fez o cara entender que era hora de sair. O dragão se arrastou até a saída, segurando o rabo do cara e puxando-o para fora da caverna.” (infos do site: pilatus.ch)

Vista incrível!!

RE1_6030-9

Após algumas subidas e descidas, histórias e boas risadas hora de uma pausinha para o almoço, que foi delicioso!! Almoçamos no Restaurante Pilatus Kulm, na sala Queen Victoria, tem esse nome em homenagem a Rainha do Reino Unido Vitória, ela esteve em Pilatus, esse ano o restaurante está oferecendo um jantar de comemoração dos 150 anos da sua visita por aqui no topo de Pilatus.

img_4894
Almoço do Restaurante Pilatus Kulm – Sala Queen Victoria

Descemos até a estação de Fräkmunteg onde tem um grande espaço que as crianças vão amar, admito que até nós adultos, o parque Pilatus Seilpark, parque de arvorismo, tem diversas atrações como tiroleza, escaladas, Tobogã e etc, a pista do tobogã  tem 1 km de extensão e é considerada a maior pista da Suíça. Claro que optei por descer de tobogã e ainda queria ir no modo “com emoção” ou seja bem rápido!!

RE1_6037-11
Uma das atrações no parque de arvorismo

Não é necessário ter habilidades específicas ou condicionamento físico. Você vai precisar somente de coragem e concentração para acertar os movimentos e evoluir no percurso.

RE1_6043-12
Maior pista de tobogã da Suíça

Preço tobogã: CHF 8 francos-suíços, mas infelizmente não é permitido fotografar nem filmar. Após o passeio é possível comprar a foto que eles tiram durante o percurso por CHF 5 francos.

Preço arvorismo: CHF 28 francos-suíços (adulto) e CHF 21 para crianças de 8 a 16 anos.

foto: pilatus.ch 

Da estação Fräkmunteg (do Tobogã) pegamos o bondinho e descemos pelo outro lado e chegamos em Kriens. Depois pegamos um ônibus local de volta a Lucerna.

Passeio incrível para toda família!

Devido a variedade de atrações, vale muito a pena também para quem está viajando com a família, devido a diversidade de trilhas, parques e também a possibilidade de picnic e muito contato com a natureza.

Preço do tour: (Kriens-Alpnachstad–Pilatus Kulm–Kriens-Alpnachstad é de CHF 72 francos-suíços. Para quem tem o SwissTravelPass o tour sai por CHF 36,00

Espero que tenham gostado do nosso passeio! E até o nosso próximo experience! 🙂

Participaram do #experiencepilatus
Realização: Ana Luíza de Souza (Pelo Mundo Blog)
As Blogueiras – Monique Bianchi (Me Joguei no Mundo), Renata Autran (As Viagens da Re), Priscilla Wolf (Suíça Entre Amigos) e Janaina Abreu (Descobrindo a Suíça).
Apoio: Pilatus Bahnen.

Dica: Veja o que rolou no evento também, através das Hashtags #ExperiencePilatus e #Pilatus no Instagram e Facebook.

Vejam o video de como foi nosso dia! Ficou incrível.

 

 

*************************************************************

Se quiser saber como foram os outros Experiences, veja os artigos abaixo:

#ExperienceVevey, clique no post Explorando a cidade por blogueiras brasileiras

#ExperienceTitlis, clique no post Experience Titlis

#ExperienceSchilthorn, clique no post A famosa montanha do 007

#ExperienceStoos, clique no post Um final de semana completo com trilha e bem estar

#ExperienceCardada, clique no post Monte Cardada – A pérola do lago Maggiore