Pérola de Portugal, tudo sobre a Ilha da Madeira

A pérola do Atlântico, para quem gosta de sol, natureza, trilhas tem que conhecer essa fantástica ilha e sem contar toda a delícia gastronômica.

RE1_0135-16

Bom para começar porque escolhi conhecer essa ilha. Tinha uma semana de férias do trabalho e da escola e uma amiga já estava planejando de conhecer optei ir também. Pois os preços estavam bem acessíveis. Então corri arrumar a mala e fui curtir o final do verão europeu. Fiquei hospedada em Machico, no hotel Dom Pedro Madeira, fica bem próximo do aeroporto, mas um pouco longe de Funchal (30 minutos de carro e aonde tudo acontece) Recomendo se hospedar em Funchal, aonde tem mais opções de restaurantes e lojas. Mas se quiser ficar em algum lugar calmo recomendo Machico.

9F37429C-8A93-420B-BB96-194BFE46CF21
Praia de Machico

Aonde fica essa Ilha no mapa??

É Portugal porém a opção mais cômoda é chegar de avião! Apesar de ser o aeroporto mais turbulento da Europa você terá que superar esse medo e ir! Saem vôos a partir de Lisboa e Porto com frequência eu como vim da Suíça cheguei na ilha por Basel. O vôo dura em média de 3 horas.

​Vejam aqui o avião decolando. Foi super tranquilo!

​Se agora após ver esse vídeo o medo ainda insistir é possível optar por cruzeiro para alcançar o Funchal. Todavia, o serviço obedece a escalas, o que é preciso ter em conta, quando planejar a sua viagem.

Para se deslocar pela ilha, a melhor opçao é alugar um carro, mas também é possível optar por um táxi, transportes públicos ou pelo serviço Tuk Tuk Madeira. Esta é uma empresa de circuitos turísticos que utiliza um triciclo motorizado com cabine para transporte de passageiros ou mercadorias, à semelhança dos modelos célebres no sudeste da Ásia.

O que visitar? Vou listar aqui os lugares que passei na sequência do meu roteiro!

1 – Funchal

O Funchal, a capital da Madeira, tem três áreas históricas: Santa Maria (mais conhecida como Zona Velha), São Pedro e Sé.

O melhor meio de conhecer o Funchal é a pé, e de preferência com tênis ou sapato baixo, pois as ruas são todas de pedras, e também é possível passear descontraidamente, fotografar e conhecer palácios, miradouros com vista mar, casas com jardins floridos e o pavimento típico madeirense de calhau rolado. Encontrarão monumentos como o Palácio de São Lourenço ou o Convento de Santa Clara, a correria da Rua da Carreira ou o Largo do Socorro. O mais divertido são as portas pintadas da Zona Velha, o que já vale um bom passeio.

 

Para quem gosta de adrenalina, aceite um passeio de carros de cestos, numa fantástica descida a pique entre o Monte e o Funchal. Chegamos de carro até o teleférico e lá pegamos o bondinho até o Monte. Pagamos só para subir, o valor foi de 11 euros!

Já no topo tem indicação para a descida para os famosos “carros de cestos” são uma das atrações mais conhecidas da Madeira. Estes carros são produzidos artesanalmente, com vimes e madeira, e dispõem de dois lugares sentados.

São conduzidos e controlados por dois carreiros, trajados de branco e com chapéu de palha na cabeça que, eo curioso é, utilizam as próprias botas, com grossas solas de borracha, como freios!!! A descuda custa 30 euros para as 2 pessoas! São 2 km de descida!


No final é possivel comprar a foto por 10 euros cada! Após a descida dos cestos fomos até a fábrica de vinhos Blandy. Lá podemos degustar e conhecer esse delicioso vinho autentico da Madeira! Atualmente, a empresa Blandy continua a liderar o restabelecimento do vinho da Madeira entre os grandes vinhos do Mundo. Afinal ir à Madeira sem provar o Vinho Madeira é como ir a Roma e não ver o Papa.


2 – Museu Do Cristiano Ronaldo – Funchal

Sim ele é madeirense!! No museu estão todos os troféus, prêmios e contam a trajetória de sua vida até hoje! O ticket custa 5 euros! É uma rápida visita!

3 – Ponta de São Lourenço

Aqui foi o lugar que mais me encantou da ilha! É uma península de origem vulcânica, na sua maioria basáltica, ao longo do caminho, você pode se maravilhar com as fabulosas paisagens marinhas do norte e sul da Ilha. É impossível descrever o maravilhoso sentimento provido pelo contraste entre a serenidade do mar do sul e o mar agitado do norte.

RE1_0077-1
São 3 km de trilha mas dura em média 4 horas de caminhada!

Para esse passeio é bom reservar o dia todo, se preparar com lanches e água para um piquinique pois nesse local não tem estrutura nenhuma!

RE1_0123-11


Aqui foi aonde paramos para um pequeno mergulho e nos resfrescar após boa caminhada! É incrível a nitidez da água!


4 – Seixal

O Seixal, situado entre o Porto Moniz e São Vicente, é um excelente lugar para realizar uma pequena paragem, é possivel explorar a costa rochosa e passear ao longo do cais para contemplar os grandes penhascos e cascatas que caem em ambos os lados desta pequena vila.

Praia da Laje

RE1_0164-21

Lá ficamos apenas poucas horas e depois seguimos para as piscinas naturais de Porto Muniz

5 – Porto Moniz – piscina natural


As Piscinas Naturais do Porto Moniz são de água salgada, compostas por rochas vulcânicas onde o mar entra naturalmente. Recomendo ir por volta das 11:00 com sol bem quente, pois venta-se muito e mesmo com o dia bem quente faz um friozinho! Um roupão é muito bem vindo! Tickets custam apenas 1,50 euros para o dia todo!!! Tem restaurante e boa infra estrutura, inclusive também é possível alugar espreguiçadeiras.


6 – Pôr do sol em Calhetas

Para encerrar o dia saímos das piscinas naturais de Porto Moniz em direção Calhetas!! O trajeto até Calhetas foi bem especial, passamos por vários tipos de vegetação, pegamos neblina e até encontramos vacas pelo caminho! Então cuidado na estrada! ​


Para encerrar o dia chegamos em Calhetas direção Paul do Mar e ficamos no Maktub bar pegamos alguns mojitos e encerramos o dia apreciando um belo pôr-do-sol!




Na mesma rua do bar encotramos um restaurante com vista para o mar, aonde  aproveitamos para jantar antes de voltar ao hotel!

7 – Prainha Caniçal

A Prainha é uma praia de areia negra de origem vulcânica perto da formosa Ponta de São Lourenço.

A paisagem que envolve esta praia contrasta com a que encontramos na maior parte da ilha. Aqui o habitual verde é substituído por uma paisagem árida, pintada de amarelos, castanhos e laranjas.

Nessa pequena praia dispõem de um restaurante, guarda-sóis, espreguiçadeiras por 2 euros, tem estacionamento gratuito!




8 – Passeio de Catamarã

Para encerrar meu último dia da viagem, reservei um passeio para ver os golfinhos pelo atlântico norte da ilha. Reservei pela companhia Sea Born custou 30 euros ! O mais surpreendente que foi é que não vimos golfinhos mas sim uma espécie de baleia!! Foi incrível a sensação de ver esses animais selvagens!!!

​​
​Foram 7 dias nessa ilha incrível!! E ainda faltou alguns lugares para conhecer!

Para mais fotos também no Flickr.

Espero que tenham gostado do Post. Comentem e compartilhem.

Beijinhos

 

 

2 comentários sobre “Pérola de Portugal, tudo sobre a Ilha da Madeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s